Gênesis 3:6 – Eva deseja o fruto da arvore


A mulher olha a árvore

Eva deseja o fruto da arvore

Eva deseja o fruto da arvore. Após ter despertado em si a dúvida e a incredulidade quanto à ordem de Deus, a mulher começa a ver a árvore de uma forma muito diferente.

Menciona-se neste versículo três vezes o quanto encantadora era, o quanto incitava seu paladar, seus olhos e seu anseio de aumentar sua sabedoria.

Olhar a árvore desta forma, com o desejo incontrolável de gostar de seu fruto, era uma autorização ao que satanás queria colocar em sua mente.
Neste ponto de sua loucura nada mais a impediria de desobedecer a seu Criador.

Veja bem caro leitor, qualquer pessoa que experimentar gastar um tempo com aquilo que ela entende que desagrada a Deus, não levará muito tempo para mudar de idéia, achar tudo isso muito normal.

A mulher apanha a fruta e come

Ela pegou seu fruto e comeu: Satanás poderia tentar Eva, mas ele não precisou pegar o fruto para ela. Eva foi responsável. Ela não tinha razão para dizer: “o diabo me fez fazer isso”

Tendo cobiçado aquilo ao que não tinha direito, a mulher seguiu transgredindo os mandamentos de Deus um atrás do outro.
Ao comer o fruto proibido Eva simplesmente roubou algo que pertencia apenas a Deus.

Ao gastar todo este tempo com satanás, aceitar suas mentiras e fazer deliberadamente seu desejo pessoal, ela o coloca acima de Deus.
Este é um dado que jamais podemos esquecer; Todas as vezes que fazemos nossa própria vontade, desagradando ao nosso Criador, estamos prestando adoração a satanás.

Deus nos criou para adorá-lo. Quantas vezes ao dia deixamos de fazer aquilo para o qual fomos criados?

Tome a decisão no dia de hoje de agradar a Deus em qualquer atitude sua. Desta forma você o estará adorando, cumprindo parte de sua missão neste mundo.

A mulher oferece ao seu marido

Ao observar que não morreu imediatamente, isto parecia confirmar o que tinha dito seu sedutor: “Certamente não morrereis”.
Neste momento Eva experimentou uma sensação enganosa de alegria e prazer.

No mesmo instante foi correndo a seu esposo, pois queria que ele compartilhasse desse sentimento e do suposto benefício que tal atitude traria aos dois.

Ao dar do fruto proibido, Eva oferece a morte ao seu esposo.
Esta é a primeira vez que o registro sagrado chama Adão de “seu marido”.
Mas invés de ser “uma auxiliadora idônea” para ele, ela se converteu no instrumento de sua destruição.

Adão aceita o fruto e também come.

Antes de comer, provavelmente houve uma conversa entre Adão e sua mulher. Ou a seguiria em sua atitude de pecado e desobediência, ou renunciaria a ela, confiando que Deus, de alguma maneira, restauraria sua felicidade destruída?

Deveria também continuar acreditando em Deus, já que Eva não morreu como havia se pronunciado que aconteceria, e que realmente eles haviam sido enganados? E por falar em enganação, não foi Adão que foi enganado por satanás más a mulher

O apóstolo Paulo nos confirma isto em 1° Tim. 2:14. Mas o poder de persuasão de sua esposa, unido com seu próprio amor a ela, induziram-no a dividir as conseqüências de sua queda quaisquer que fossem. Neste momento parece que Adão também coloca sua mulher acima de Deus.

A decisão fatal

Ao invés de esperar até que pudesse ter a oportunidade de tratar todo o trágico assunto com Deus, decidiu por si mesmo sua sorte.
A queda de Adão é bem mais trágica porque não duvidou de Deus nem foi enganado como Eva.

Procedeu mesmo diante da segura expectativa de que se converteria em realidade a terrível ameaça de Deus.

Adão não quis nem saber de nada! Tomou uma decisão instantânea e acabou com sua própria vida!

Apesar da deplorável transgressão de Eva, sua decisão não afundou necessariamente à humanidade no castigo de sua transgressão.

Foi à atitude deliberada de Adão, no pleno entendimento da ordem expressa de Deus, que fez que o pecado e a morte fossem o destino inevitável da humanidade.

Más como já sabemos a felicidade que satanás oferece sempre dura muito pouco. Pois então; Logo após comer do fruto algo inesperado aconteceu, seus olhos se abriram e viram o cumprimento da promessa de satanás.

Em Cristo;


Número de visualizações do artigo: 16