Gênesis 3:7 – Adão e Eva com vergonha da nudez


Gênesis 3:7 - Adão e Eva com vergonha da nudez

Adão e Eva com vergonha da nudez, é o tema do estudo Bíblico e comentário de Gênesis 3:7. Que ironia há nestas palavras que registram o cumprimento da promessa de satanás!

Foram abertos seus olhos físicos: viram que estavam nus. Aparentemente, foi somente depois do pecado de Adão, que eles souberam de seu estado pecaminoso.

Foram abertos também os olhos de seu intelecto: ou seja, compreenderam que já não eram mais inocentes e sentiram um senso agudo de culpa.

Mas, se você é um cristão, deve saber do que estou falando, toda vez que cometemos algum pecado, imediatamente ele vem seguido desta sensação.

Antes, em seu estado de inocência, eles praticamente não tinham consciência, pois tudo o que faziam era permitido, salvo comer do fruto daquela árvore. Logo, não havia o mal para distinguir do bem, com essa importante ressalva.

A camuflagem débil e insuficiente de Adão e Eva

Tanto o Salmos 104:2 como Mateus 17:2 sugerem que uma luz divina pode ter sido uma espécie de roupa para os justos.

Portanto, pode ser que Adão e Eva já estivessem vestidos com a gloriosa luz de Deus, e a perda imediata dessa cobertura de luz, os deixou expostos, nus e procuraram se cobrir com folhas de figueira para não serem vistos.

Era uma camuflagem débil e insuficiente: ela faz lembrar algumas das religiões criadas pelos homens para esconderem seu pecado, que podem tampar um pouco, mas não cobrem completamente.      

É o que infelizmente hoje muitas pessoas tem feito, vivendo uma hipocrisia doentia, tentado esconder seus pecados com as folhas da religião, de seu ministério e da placa de sua igreja.

A comunhão com Deus foi quebrada, e eles desesperadamente começaram a fugir da presença de seu Criador…

Em Cristo;


Número de visualizações do artigo: 28