Gênesis 11:4-6 – Torre de Babel, o homem destrona Deus!


Gênesis 11:4-6 - Torre de Babel, o homem destrona Deus!

Esta cidade foi conhecida mais tarde como Babilônia. Nesta cidade eles começaram a construir uma grande Torre. O homem destrona Deus através de um templo religioso e um lugar de adoração a satanás?

O homem destrona Deus e desobedece seu plano

V-4.
O plano original de Deus era que os homens se espalhassem pela superfície da terra e a cultivassem (cap.1: 28). Mas Satanás começa aqui a traçar um plano diferente, de edificação de uma cidade, justamente o oposto do plano de Deus.

A intenção era que ali fosse o centro da política e da união religiosa. (Estes templos torres são chamados de “ziggurats” pelos arqueólogos e foram freqüentemente construídos nas épocas antigas.

No vale entre os rios Tigre e Eufrates têm sido encontradas diversas ruínas de torres de tijolos construídas milhares de anos atrás semelhantes à torre de Babel.

Essa torre realmente existiu. O historiador grego antigo Heródoto disse que a torre de Babel ainda estava nos seus dias e ele a tinha visto.

Os babilônios chamavam essa torre de zigurate, uma imensa torre em forma de pirâmide, erguendo-se em terraços e coroada com um templo, considerado uma “entrada para o céu”. Templos Ziggurats próximos a região do Iraque:

Gênesis 11:4-6 - Torre de Babel, o homem destrona Deus!
Gênesis 11:4-6 - Torre de Babel, o homem destrona Deus!

O problema das cidades

Frequentemente, a concentração dos seres humanos sempre fomentou a ociosidade, imoralidade e outros vícios.

Da mesma forma, as cidades sempre foram focos de delinqüência, pois em tais ambientes Satanás encontra menos resistência a seus ataques que nas comunidades menores onde as pessoas vivem em estreito contato com a natureza.

Assim seria a cidade da Babilônia pós Babel, com um Ziggurat ao centro.
Os homens quiseram edificar uma cidade com a esperança de encontrar nela a segurança mediante a obra de suas próprias mãos.

Nesse sentido, uma torre alta lhes daria proteção, devido ao medo de que seus maus caminhos atraíssem de novo uma catástrofe.

Mas, eles esqueceram que a verdadeira segurança vem só de confiar em Deus e obedecer-lhe.

A construção da torre de Babel foi na verdade o destronamento de Deus por parte desses homens e o estabelecimento do paganismo como seu sistema de adoração.

Houve extensos desenvolvimentos colaterais relacionados à torre. Houve também a mudança de governos em uma ditaduras militares com poder cruel e opressivo.

Os zigurates representam as maiores construções religiosas construídas, funcionavam como portões para a vinda de deuses à Terra. Essa crença esteve presente em muitas civilizações desde os primórdios da história.

Deus desce

V-5
Deus notou o progresso dos homens e a intenção de satanás, então desceu para pesquisar seus planos ímpios e para derrotá-los.

Estima-se que sua construção se deu por volta do ano 2.420 a.C., quer dizer, aproximadamente 130 anos após o Dilúvio.

Portanto, bem antes do início da Grande Pirâmide do Egito (por volta de 2.170 a.C.), do nascimento de Abraão (1.976 a.C.) e da fundação do reino de Babilônia (por volta de 1.894 a.C.).

Usamos a escala do tempo que aponta a criação de Adão no ano aproximado de 4.000 a.C.

A Torre de Babel é, pois, o mais antigo monumento de grande importância do qual se tem noticia.

O homem destrona Deus? O potencial era grande

V- 6.
O SENHOR disse:

_ Essa gente é um povo único, e todos falam uma só língua e isso facilitará seu progresso. O que eles estão fazendo é apenas o começo. Logo serão capazes de fazer o que quiserem.

Este era o primeiro passo de um plano maligno do inimigo para reger o mundo.

O potencial do homem caído é terrível e poderoso. Quando pensamos nas realizações horríveis do homens no século 20, a grande capacidade dos homens e das nações para o mal, é uma constatação dolorosa.

Se entendemos corretamente os motivos e o propósito subjacentes a esse empreendimento maligno, o que Deus previu foi que, se a maldade deles fosse deixada sem impedimentos, o verdadeiro conhecimento de Deus poderia facilmente ter sido totalmente removido da terra.

Quando Deus confundir a língua deles, e separa o povo de Israel como testemunha de Deus na terra também ajudou efetivamente a frustrar os artifícios de Satanás que, no momento, estavam se mostrando bem-sucedidos.

De fato, naquele momento futuro em que “Satanás será solto por um tempo”, ocorrerá exatamente o que estava ocorrendo aqui.

Mas, isto exigia uma ação pronta e decisiva para advertir aos homens do desagrado de Deus e para frustrar seus projetos ímpios.

Em Cristo;


Número de visualizações do artigo: 7