Gênesis 12:1,2 – Deus chama Abraão pela segunda vez


Gênesis 12:1,2 - Deus chama Abraão pela segunda vez

Em Haran, Deus chama Abraão pela segunda vez. Mas dessa vez Abraão descobre a natureza exata do seu chamado…

V-1.
Aqui começa a história de Israel, o povo escolhido, através do qual Deus traria o Messias para fazer expiação pelo pecado e estabelecer o reino espiritual do céu, o dispositivo celestial pelo qual Deus permitiria que a humanidade caída renovasse a comunhão com seu Criador.

Deus chamou Abrão pela primeira vez enquanto ele morava na cidade pagã de Ur dos Caldeus (Atos 7:2-4), e embora a Bíblia não dê a natureza específica desse chamado na primeira vez, a natureza exata foi dada na segunda instância, quando ele estava morando em Haran.

Não deve ser considerado estranho que a chamada de Deus tenha chegado duas vezes.

Deus chama Abraão pela segunda vez

A palavra do Senhor veio pela segunda vez a Jonas (Jonas 3:1) e, é claro, Deus chamou vários outros diversas vezes, assim como insiste em nos chamar diversas vezes.

Daqui em adiante Abraão é o herói da narração do Gênesis.

Mais espaço dedicado para a história de Abraão é maior do que para a criação do mundo. O que estudamos até agora, é em muitos aspectos uma introdução ao restante da Bíblia.

Em Gênesis 12, vemos um grande avanço na história da redenção, quando Deus escolhe e chama Abraão. O Senhor desejava levantar uma nação separada, pela qual, ele iria realizar o seu plano para a salvação da humanidade. Esta é a primeira revelação dada por Deus a Abraão; Certo dia o SENHOR Deus disse a Abrão:  

_ Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai.. Em Atos 7:2-4, Deus revelou por Estevão que essa promessa foi feita a Abrão quando ele estava na Mesopotâmia, antes de morar em Harã .

A ordem de Deus era que Abraão rompesse completamente com o passado. Não só tinha que sair da terra dos dois rios, Mesopotâmia, más também renunciar a sua família, para não voltar nunca mais.

Sua vida iria mudar quando deixasse esta bela terra e cruzasse a Síria e Palestina. Ao invés de férteis terras de pastoreio, encontraria uma região montanhosa e seca.

Ao invés de viver entre as tribos semíticas a que pertencia e que eram muito civilizadas, estaria vivendo entre tribos de um nível cultural inferior. Para um jovem não é difícil, sair de seu país natal com pesar, mas para um homem de 75 anos era uma decisão nada fácil. E o cumprimento desta ordem divina se complica quando Deus informa;

_ Vá para uma terra que eu ainda lhe mostrarei.

Abraão confia nos planos de Deus

Ele não sabia para onde estava indo, mas confiava plenamente no Senhor. Que exemplo de fé!!!

V-2. Deus anuncia agora a recompensa que teria por deixar sua família e seu lar.

_ Os seus descendentes vão formar uma grande nação.

Sem dúvida Abraão se perguntou como poderia Deus cumprir esta promessa já que sua esposa era estéril. Ele terá filhos, netos e descendentes adicionais, o suficiente para povoar uma grande nação.

_ Eu o abençoarei, o seu nome será famoso…

A verdadeira grandeza devia resultar do acatamento das ordens de Deus e da cooperação com seu propósito divino. Os construtores de Babel queriam ter fama pelo “nome” desafiando a Deus e, no entanto não sobreviveu nenhum de seus nomes. Por outro lado, Abraão por obedecer a Deus ganhou fama e tornou seu nome conhecido no mundo inteiro.

Provavelmente não há nome mais honrado na história do que o nome de Abrão, que é homenageado por judeus, muçulmanos e cristãos. Mas, ainda hoje o nome Abraão é comum como nome pessoal, e incontáveis milhões de Judeus, Maometanos e Cristãos, como vimos na reportagem do Fantástico, o consideram retrospectivamente como seu progenitor espiritual.

_ E você será uma bênção para os outros. Esta promessa incluía tanto bênçãos temporais como as espirituais.

Por fim, em Gálatas 3:8, o apóstolo Paulo nos diz que todas as nações foram abençoadas por intermédio de Abraão.  

Em Cristo;


Número de visualizações do artigo: 43