Gênesis 13:5-7 – A briga entre Ló e Abraão!


A briga entre Ló e Abraão!

Leia na postagem anterior

Gênesis 13:5-7

V-5
Ao saírem de Ur com Terá, Abrão e Ló pareciam inseparáveis, mesmo quando Deus ordenou a Abrão que deixasse seus parentes para trás. Contudo, finalmente, os laços entre eles acabam se enfraquecendo.

Ló sobrinho de Abraão, que o acompanhava, também prosperou muito e levava ovelhas, cabras, gado, empregados e a sua família.

Deus ordenou a Abrão que deixasse sua família para trás quando ele veio para a terra de Canaã (Gênesis 12:1), mas Abrão trouxe seu sobrinho Ló junto com ele. A paga por essa desobediência, chegaria agora.

V-6.
Os dois prosperaram tanto que não havia pastos suficientes que dessem para os dois ficarem juntos, pois eles tinham muitos animais.

Já que a terra já estava ocupada pelos Cananeus, e as montanhas de Canaã eram muito arborizadas, como o demonstram registros antigos, tinha uma escassez permanente de terras de pastoreio para os grandes rebanhos e as manadas dos recém chegados.

V-7.
A escassez de terras e de água disponíveis deu como resultado uma contenda entre os pastores de Abraão e os de Ló, pois cada grupo queria aumentar as posses de seu amo.

E nesse tempo os cananeus e os perizeus ainda estavam vivendo ali. Uma importante lição deve ser observada aqui. Pois eles devem ter pensado: “Eles são como nós. Eles dizem que adoram um Deus que dizem ser o Deus verdadeiro, mas vejo que eles são realmente como nós.”

Os Cristãos terão sempre suas diferenças e desacordos. No entanto devemos lembrar que o mundo e os inimigos de Deus estão assistindo.

O mundo adora ver os Cristãos brigando e desonrando a Deus.

“Muitas pessoas nunca ouvem o que qualquer cristão diz por causa do que alguns cristãos são.” (Barnhouse)

Vamos sempre ser cuidadosos em nosso comportamento quando tratarmos com outros cristãos, de maneira que venhamos a agradar a Deus.

Neste momento tenso, Abraão, em contraste com sua atitude no Egito, resolve agir de forma espiritual e não carnal, dando uma resposta que nos surpreenderá.

Na próxima postagem veremos que havia uma grande diferença entre as riquezas de Abrão e as riquezas de Ló. Ambos tinham grande riquezas, mas a riqueza de Ló o possuía, enquanto que as riquezas de Abrão não tinham poder sobre ele.

Em Cristo;

A seguir: Abraão e Ló se separam


Número de visualizações do artigo: 5

Anterior: