Gênesis 18:16-22 – Deus revela um segredo a Abraão


Deus revela um segredo a Abraão, a destruição total de Sodoma e Gomorra. Depois de descansar a refeição, os visitantes se levantaram e foram para um lugar de onde podiam ver a cidade de Sodoma.

Deus revela um segredo a Abraão, a destruição total de Sodoma e Gomorra. Depois de descansar a refeição, os visitantes se levantaram e foram para um lugar de onde podiam ver a cidade de Sodoma.

Deus revela um segredo a Abraão, a destruição total de Sodoma e Gomorra. Depois de descansar a refeição, os visitantes se levantaram e foram para um lugar de onde podiam ver a cidade de Sodoma.

E Abraão os acompanhou para lhes mostrar o caminho. De acordo com um antigo costume dos países orientais o anfitrião acompanhava a visita em seu caminho, e a distância que se percorria, indicava o grau de respeito e honra que o anfitrião deseja mostrar-lhes.

Deus elogia Abraão

V-17.
Aí o SENHOR Deus disse a si mesmo:

– Não vou esconder de Abraão o que pretendo fazer.

Abraão é chamado nas Escrituras o amigo de Deus. Havia tanta comunhão entre Deus e Abraão, que o Altíssimo considerou conveniente dar-lhe um conhecimento mais íntimo das obras que iria fazer.

O propósito de Deus em revelar isso a Abraão não era apenas compartilhar informações interessantes ou chocantes, e não era simplesmente satisfazer a curiosidade de Abraão. Deus queria fazer algo na vida de Abraão através do que Ele revelaria.

V-18.
Referindo-se à primeira promessa que tinha feito a Abraão, teoricamente, pelo menos, todo aquele vasto território pertencia a Abraão, só para lembrar. Deus então, explica por que é adequado e próprio informar-lhe quanto ao juízo que estava por cair sobre a cidade vizinha.

– Os seus descendentes se tornarão uma nação grande e poderosa, e por meio dele eu abençoarei todas as nações da terra.

Se Deus, participante principal do pacto, tinha um plano que afetaria uma parte deste território, Abraão, como sócio menor, tinha o direito de ser informado.

V-19.
Então, Deus faz um belo elogio sobre o ancião patriarca;

– Eu o escolhi para que você mande que os seus filhos e os seus descendentes obedeçam aos meus ensinamentos e façam o que é correto e justo. Se eles lhe obedecerem, farei por você tudo o que prometi.

Como Deus confiava em Abraão!

Deus revela um segredo sobre Somoda

V- 20.
Então o SENHOR se virou a Abraão e lhe disse:

– Há terríveis acusações contra Sodoma e Gomorra, e o pecado dos seus moradores é muito grave.

Essas acusações que chegaram a Deus, poderiam ser as vítimas da depravação e injustiça de Sodoma e Gomorra. A própria criação foi afetada por sua transgressão antinatural e até os seres angelicais, poderiam estar acusando as barbáries dos sodomitas.

O pecado destes habitantes tinha chegado ao limite da paciência e tolerância de Deus. Ainda que a conduta dos habitantes de Sodoma e Gomorra por muito tempo tinha sido má, Deus lhes deu um período de graça, durante o qual ele não tinha ficado sem testemunhas.

A piedosa vida de Ló, por exemplo, lhes dava um exemplo de como deviam viver, mas isto não tinha exercido influência sobre eles. A impiedade daquele povo era muito grave e demandava o castigo do céu.

“Apesar do crescimento do evangelho, o mundo de nossos dias está chegando à mesma profundidade do mau”.

V-21.
Como no caso da edificação da torre de Babel, Deus levou em conta o conceito humano da justiça divina, fazendo que Abraão visse com clareza que a decisão de destruir Sodoma, não era arbitrária, senão que estava baseada na necessidade.

– Preciso descer até lá para ver se as acusações que tenho ouvido, são verdadeiras ou não.

Deus não sabe o que está acontecendo? Precisa descer lá para averiguar? Na realidade, Deus quer dar mais uma chance. A destruição é coisa séria. Levará todos ao inferno. Por isso, vai descer para ver se algo pode ser mudado, com a presença de seres angelicais.

Um bate papo de Deus com Abraão

V-22.
Então dois dos visitantes saíram, indo na direção de Sodoma; porém Abraão ficou ali com o outro visitante, ou seja, com Deus, o SENHOR, a fim de conversarem um pouco mais. Não é a toa, que Abraão é chamado por Deus, de amigo. Que cena maravilhosa!

Alguém nesse momento, poderia dizer… Eu queria muito viver esse momento. Mas não esqueça de que você agora pode. Pois o próprio Deus habita dentro de você, na pessoa do Espírito Santo. Então, a qualquer momento você pode chamar a Deus para conversar, assim como Ele fez com Abraão.

Aproveitando a ocasião e, preocupado com Ló e sua família que vivia em Sodoma, Abraão procura a partir de agora, uma forma de livrar seu sobrinho da destruição que viria…

Em Cristo;


Número de visualizações do artigo: 135