Êxodo 20:1


A lei de Deus
V:1
O palco estava pronto para a proclamação da lei moral que dali para frente, permaneceria como a norma fundamental de conduta deste povo.
Deus iria proclamar sua santa lei em meio aos trovões e relâmpagos, cujos estrondos encontrariam eco nas formas verbais imperativas dos dez mandamentos.
Ninguém pode negar que este foi um dos acontecimentos transcendentais e decisivos da história da humanidade.
Também não podemos negar a necessidade vital que o homem têm de um código tal de conduta, devido a sua imperfeição moral e espiritual e sua tendência a fazer o que é mau.

Os terrores do Sinai tiveram o propósito de colocar vividamente diante do povo a pavorosa solenidade deste momento.

Os exigentes preceitos dos mandamentos fariam ressaltar a justiça de seu Autor e o rigor de sua petição.
Mas esta mesma lei seria também um anuncio da graça divina, pois o mesmo Deus que proclamou a lei é Aquele que tirou seu povo do Egito e o livrou do jugo de servidão.
É Aquele que deu as preciosas promessas a Abraão, Isaque e Jacó.
É aquele que morreu na cruz pelos nossos pecados.
Estudando estes exigentes mandamentos divinos poderemos entender nosso estado pecaminoso e a nossa real necessidade de Cristo.
Aqueles que se medem pelo padrão perfeito de Deus, podem ver o quanto caíram.
Tais pessoas compreendem a necessidade de receber a justiça perfeita, que lhes é atribuída pela fé em Cristo.
Muitos estudiosos da palavra do Senhor se referem à lei como a agulha que abre o caminho para a linha do evangelho.
Como um arado, ela quebra a justiça e o orgulho próprio do coração do homem, para que a semente do evangelho possa ser plantada.
Quando Jesus Cristo morreu na cruz, Ele estava sofrendo pelos pecados do Seu povo, pela nossa incapacidade de cumprir a lei divina.

Ele pagou a dívida daqueles que quebraram a lei.

Aqueles que crêem em Cristo estão livres da condenação da lei e permanecem justificados aos olhos de Deus.
Moisés chegou ao topo do monte Sinai e Deus começou a ditar a lei para Moisés, e ele deveria repetir para o povo lá embaixo:
O que Deus disse?
Ah, um negócio tão legal que merece uma postagem própria.
Fica pra depois.
Em Cristo!

Número de visualizações do artigo: 4

Anterior: