Levítico – Introdução


Este escrito sagrado denominado Levítico é o terceiro livro da Bíblia e faz parte do Pentateuco…

O que? Não sabe o que é Pentateuco?

São os cinco primeiros livros bíblicos cuja autoria é, tradicionalmente, atribuída a Moisés, primeiro profeta e líder da nação de Israel.

E conforme é indicado no seu nome, esse livro fala sobre a função dos sacerdotes de Israel, aqueles membros da tribo de Levi que Deus escolheu para servir em Seu santuário, lembram?

Muita gente, por causa disso, imagina que Levítico é uma espécie de Manual técnico que fornecia orientações aos sacerdotes antigos sobre os detalhes de cerimônias que não são mais observadas pelo povo de Deus.

O resultado disso?

O livro de Levítico é atualmente a porção menos apreciada do Pentateuco…
Na realidade, porém, sua mensagem é dirigida a todos os cristãos, e suas verdades continuam revestidas de significação primária para o povo de Deus.

Pois o livro de Levítico constitui a primeira revelação detalhada acerca do vigoroso tema da Bíblia… E qual é esse tema?

O modo pelo qual Deus restaura os perdidos!

Tanto a atitude redentora de Deus como a resposta que se espera da parte do homem são descritas no versículo chave, deste livro;
“Ser-me-eis santos, porque eu, o Senhor, sou santo, e separei-vos dos povos, para serdes meus” (V:20.26).

FICHA TECNICA:

NOME: Derivado do nome da tribo de Levi.

AUTOR: Moisés, comumente aceito.

PALAVRAS CHAVE: Acesso e santidade.

CONTEÚDO: Um compêndio das leis divinas.

PERRSONAGEM CENTRAL: O sumo sacerdote.

TEMA CENTRAL: Como pode um pecador aproximar-se de um Deus Santo? A palavra santo ocorre mais de oitenta vezes no livro.

Em Cristo

A segui: O drama de Ana!


Número de visualizações do artigo: 11

Anterior: