Levítico 19:1,2 – A fonte da santidade.


Levítico 19:1,2 - A fonte da santidade.

A fonte da santidade.

V:1,2. O SENHOR Deus mandou Moisés dizer ao povo de Israel o seguinte:

– Sejam santos, pois eu, o SENHOR, o Deus de vocês, sou santo.

Esta é a nota tônica do livro de Levítico.

Em todos seus capítulos se faz ressaltar a santidade de Deus.

Mas o que é “santo”?

Comecemos pela origem do significado.

O termo hebraico para santo provavelmente partiu de um conceito primitivo de separação ou remoção do sagrado do profano.

Deus tomou a palavra e usou-a para descrever muitas coisas e atividades separadas para adoração.

O termo para santo é encontrado predominantemente em sentido religioso e usualmente contém um significado fundamental de “separado”, ou “fora” do uso comum.

E qual é a fonte da “santidade”?

Deus disse aos israelitas, “Eu sou o Senhor vosso Deus; portanto vós vos consagrareis, e sereis santos, porque eu sou santo” (Levítico 11:44).

Santidade não é um atributo de Deus, mas sua natureza essencial (Espírito Santo).

Santidade se refere a Deus e ou aquilo feito santo por Ele e, portanto nenhuma santidade existe fora dEle.

“Santo” indica a própria separação de Deus da impureza ou pecado em sua perfeição de ser.

Coisas que não eram essencialmente limpas poderiam tornar-se santas ao serem dedicadas a Deus e seu serviço, tanto por Deus como por uma cerimônia estabelecida por Ele.

Somente Deus tem poder e autoridade para tornar santos e purificar coisas contaminadas pela impureza.

Portanto, toda santidade vem de Deus.

Em Cristo!


Número de visualizações do artigo: 49