Levítico 27:01-34 – O último capitulo de Levítico


Levítico 27:01-34 - O último capitulo de Levítico

O último capitulo de Levítico

– Moisés?

– Sim Senhor?

– Vamos finalizar?

– Finalizar?

– Sim, finalizar as instruções.

– Então vamos lá!

– A pessoa que fizer um voto para se dedicar ao serviço do Tabernáculo, e no futuro desejar se livrar desse tipo de compromisso deverá ter que pagar pra se libertar.

Deus sabia que os homens fariam votos que não seriam capazes de realizar.

O Senhor não queria desanimar as pessoas que faziam os votos, nem desejava livrá-los do cumprimento dos votos já feitos.

Mas proporcionou uma saída pela qual pudessem anular a obrigação.

Este capítulo trata da redenção destes votos.

De acordo com este plano, um voto podia ser isentado mediante o pagamento de dinheiro, segundo uma escala preestabelecida.

– Tudo bem, suponhamos que a pessoa resolva que não quer mais? Vai ter que pagar quanto?

– A soma a ser pagar pela redenção de uma pessoa deverá ser ajustava a uma escala graduada baseada no sexo e a idade da pessoa.

– Por exemplo…

– Para um homem de 25 a 60 anos, este preço será de 50 siclos de prata, para uma criança de até 5 anos se for homem 05 ciclos se for mulher 03 ciclos.

– Entendi…

– Para a mulher, o preço será aproximadamente a metade destes valores.

– Entendi…

– No entanto, se a pessoa for pobre, não será necessário se ater estritamente a esta escala, porque o preço da liberação poderá ser computado pelo sacerdote de acordo com a capacidade pecuniária da pessoa.

– Hum…

– Se alguém prometer um animal que pode ser oferecido em sacrifício, o bicho passa a ser considerado sagrado. A partir do oferecimento, não poderá ser trocado por outro melhor ou pior.

– O que deverá ser feito então?

– Deverá ser sacrificado.

– Entendi…

– Se o animal que a pessoa for oferecer for impuro, então levará o bicho ao sacerdote, que avaliará o preço de acordo com sua condição. Se o dono quiser comprar o bicho de volta, deverá pagar esse preço mais vinte por cento.

– Certo.

– Se alguém resolver dedicar sua casa a mim, o sacerdote fará a avaliação da casa e pagará o preço. Se a pessoa quiser a casa de volta, pagará este preço acrescido de vinte por cento.

– Sim…

– Se alguém quiser oferecer um terreno que recebeu de herança, o sacerdote avaliará a terra de acordo com a quantidade de sementes necessárias para semeá-la. O valor será de 50 ciclos de prata para cada cem quilos de cevada.

– E se ele quiser o terreno de volta?

– O preço mais vinte por cento.

– Mas aí no próximo Jubileu o terreno volta para o seu dono?

– No Jubileu o terreno passa a ser definitivamente dos sacerdotes.

– Que mais?

– O primogênito dos animais não poderá ser oferecida ao Senhor porque, como você sabe, já é minha segundo a lei. A não ser, é claro, no caso dos primogênitos de animais impuros.

– Sim.

– E para finalizar, dez por cento de todas as colheitas e de todos os rebanhos serão dedicados ao senhor.

São estes os mandamentos que o SENHOR ordenou a Moisés, para os filhos de Israel, no monte Sinai.

Com estas palavras Moisés termina o livro de Levítico, apresentando a Deus como a autoridade que respalda seu conteúdo.

Em Cristo!


Número de visualizações do artigo: 39