Números 10: 1-10 – O celular de Moisés.


O celular de Moisés.

Números 10: 1-10
Passados mais de um ano desde que partiram do Egito, e tendo aprendido tudo a respeito da Lei e estando mais maduros espiritualmente, o povo agora aguardava ansiosamente o momento em que a nuvem de fumaça se deslocaria, anunciando a partida rumo a terra prometida.
A ansiedade era tanta que o povo não agüenta mais ficar parado na planície do Sinai esperando alguma coisa acontecer.
Até que por fim, chega o momento de receber as últimas instruções antes de levantar o acampamento e prosseguir rumo à Terra Prometida.
E é exatamente para tratar sobre este assunto que Deus chama Moisés:
_ Moisés?
_ Estou aqui Senhor!
_ Está na hora de se prepararem para a partida.
_ Que boa notícia Senhor. Mas o que devo fazer?
_ Faça duas cornetas de prata batida a fim de usá-las para reunir a comunidade e para dar aos acampamentos o sinal para partirem.

Moisés precisaria de um instrumento que emitisse vários sinais para a comunicação interna do acampamento.

E a trombeta era perfeita para esse fim.
Uma espécie de celular, para a época.
Ele precisaria twittar com seus seguidores… Ou enviar torpedos… Algumas mensagens…
_ E como vai funcionar este instrumento?
_ Explique ao povo que quando as duas cornetas tocarem, a comunidade inteira se reunirá diante de você, à entrada do Tabernáculo.
_ Certo.
_ E quando você tocar apenas uma, os líderes, chefes dos clãs de Israel, se reunirão diante de você.
_ Só isso?
_ Não, tem mais. Quando a corneta der um toque de alerta, as tribos acampadas a leste deverão partir.
_ Hum…
_ Ao som do segundo toque, os acampamentos do lado sul partirão. O toque de alerta será o sinal para partir.
_ Tem mais?
_ Sim. Quando o povo estiver reunido em frente ao tabernáculo, toque novamente as duas cornetas, mas agora com um som diferente, este será o sinal para o povo marchar.
_ E quem vai tocar as trombetas?
_ Os filhos de Arão, os sacerdotes, tocarão as cornetas.
_ Tudo bem! Mais alguma informação sobre as trombetas Senhor?
_ Sim. Quando em sua terra vocês entrarem em guerra contra um adversário que os esteja oprimindo, toquem as cornetas; e o Senhor, o Deus de vocês se lembrará de vocês e os libertará dos seus inimigos.
_ Amém!
_ Também em seus dias festivos, nas festas fixas e no primeiro dia de cada mês, vocês deverão tocar as cornetas por ocasião dos seus holocaustos e das suas ofertas de comunhão, e elas serão um memorial em favor de vocês perante o seu Deus.
_ Não esqueceremos disso!
_ Eu sou o Senhor, o Deus de vocês”.
_ Amém Senhor!

Então saiu da presença do Senhor e tratou logo de explicar aos líderes do povo o negócio das trombetas, pois no dia seguinte iria sair de cima do Tabernáculo.

O interessante é que, mesmo com todas as manifestações da guia, presença e proteção de Deus, o Senhor também usava essas trombetas a fim de lembrar a Israel sobre Sua presença e cuidado.
Tanto pela vista (a nuvem e o fogo) como pelo som (as trombetas) eles tinham lembretes especiais da direção e presença de Deus entre eles.

Em Cristo!


Número de visualizações do artigo: 23