Juízes 6: 31-33 – O novo apelido de Gideão



O novo apelido de Gideão

O povo foi até o Joás exigindo que o entregasse seu filho para ser morto, mas Joás disse:

_ Como é que é? Vocês estão defendendo Baal?

_ Sim!

_ Não é possível! Quem vier aqui defender Baal será morto antes do sol nascer.

_ Tá maluco, velho? Ou não eram seus estes ídolos?

_ É eram, mas se Baal é realmente deus, que ele mesmo se defenda.

_ Hum…

_ Afinal, o altar dele é que foi derrubado. Pois um “deus” que não consegue se defender contra um punhado de homens não merece defesa pelos homens.

Parece que Joás, pai de Gideão, foi o segundo convertido nessa história.

_ Aí galera, pensando bem, até que o velho tem razão, vamos sair fora.

Os homens voltaram para suas casas, derrotados pelos argumentos de Joás.

E Gideão ganhou naquele dia o apelido de Jerubaal, que significa “Que Baal mesmo se defenda. O altar dele é que foi derrubado”

Poucos dias depois, os midianitas, os amalequitas e os beduínos todos se juntaram, atravessaram o Jordão e acamparam no vale de Jezreel, preparando-se para mais uma onda de saques.

Gideão ficou sabendo e resolveu que era hora de assumir a liderança do povo e partir para a ação…

Mas isso é assunto para próxima postagem.

Em Cristo!


Número de visualizações do artigo: 7