Juízes 13:17-25 – O nome do Anjo do senhor!


O nome do Anjo do senhor!

Vimos na postagem anterior que Manoá perguntou ao anjo o seu nome para que pudesse honrá-lo, ou seja, agradecer e recompensá-lo, se realmente tivessem um filho.
_ Eu não posso lhe dizer o meu nome?
_ Mas por quê?
_ Porque o meu nome é maravilhoso, um segredo além da sua compreensão.
Ele estava diante do próprio Senhor Jesus Cristo, o “Anjo do SENHOR“, como já aparecera várias vezes anteriormente aos patriarcas.
Manoá então ofereceu em holocausto (um cabrito) e uma oferta de manjares (cereal, azeite e farinha) em símbolo de adoração a Deus, sobre fogo numa rocha.
Quando a chama subiu, o Anjo do SENHOR subiu junto, fazendo com que Manoá percebesse que era o próprio Deus.
Ele até suspeitava que o visitante fosse um mensageiro de Deus, agora tinha provas indiscutíveis.
Depois disso ele teve muito medo porque havia visto a Deus;
_ MULHER, TAMOS FRITOS. NÓS VAMOS MORRER, PORQUE VIMOS DEUS!  
_ Deixa de bobagem homem. Se o senhor nos quisesse matar, não teria aceitado nossas ofertas. Ele não nos teria mostrado tudo isso, nem falado todas essas coisas.  .
Nove meses depois, o menino nasceu, como havia sido anunciado, e sua mãe lhe deu o nome de Sansão (Pequeno Sol).
Ele cresceu, com a bênção de Deus, e o Espírito do SENHOR passou a fortalecê-lo.
Sua força não estava em seus músculos, nem em suas costas, nem em seus cabelos, como muitos poderiam pensar (inclusive ele), mas estava no fato que tinha a presença do Espírito Santo com ele.
Enquanto ele mantivesse seu voto de nazireu, representando a sua consagração ao SENHOR, ele teria a Sua força.
Mas isso não seria tão fácil assim, como veremos mais a frente.
Em Cristo!

Número de visualizações do artigo: 8