Juízes 18:15-21 – O caráter do sacerdote de Mica


O caráter do sacerdote de Mica
_ Então borá lá, vamos entrar no templo de Mica levar aqueles objetos para nós!
Então eles entraram no templo de Mica, onde morava o jovem levita, e o cumprimentaram.  
Enquanto o jovem levita era distraído pelos seiscentos soldados da tribo de Dã que esperavam no portão, os outros faziam a limpa na casa.  
Os cinco espiões entraram na casa, pegaram o ídolo de madeira folheado a prata, os outros ídolos e a roupa de sacerdote.
Quando os homens saíram do templo na maior cara de pau com os objetos sagrados, o sacerdote perguntou:
_ Ei! Pera aí, o que vocês estão fazendo?  
_ Shhhh… Fique quieto. Não diga nada. Venha com a gente e seja o nosso sacerdote e conselheiro.
_ Ficaram loucos? Eu sou sacerdote de Mica, esqueceram?
_ Você não gostaria de ser o sacerdote de uma tribo inteira, em vez de ser sacerdote de apenas uma família?    
_ Hum… Sabe, até que não é uma má ideia?
O sacerdote ficou muito interessado na proposta e não demorou muito para pegar seus pertences e se mandar com os espiões e os soldados.  
É notável o caráter deste sacerdote de araque…
Primeiro, distorceu o culto especificado na lei de Moisés, para ministrar diante dos ídolos de Mica, e tudo por causa do dinheiro que lhe foi oferecido.
Depois, na maior cara de pau, abandonou seu benfeitor que o tratou como um filho para acompanhar os danitas por mais dinheiro.
No entanto, note que nenhum dos personagens desta história é digno de ser imitado.
Mica era um ladrão mesmo, os de danitas eram saqueadores e o sacerdote levita um mercenário.

Número de visualizações do artigo: 8