Juízes 20:29-37 – Os Israelitas derrotam a Tribo de Benjamim


Os Israelitas derrotam a Tribo de Benjamim

Nas duas batalhas anteriores, as forças israelenses cometeram erros estratégicos porque eles acreditavam que sua causa era justa, que Deus estava com eles e porque eles eram mais numerosos.
Mas esses benefícios não excluía a necessidade de fazer uma preparação com cuidado, com muita oração e estratégia inteligente.

Foi com as derrotas que os israelitas aprenderam esta lição…
No terceiro dia o exército da tribo de Benjamim marchou de novo contra os Israelitas.
Os soldados de Benjamim muito confiantes ficaram em posição de batalha, de frente para Gibeá, como tinham feito antes.  
À medida que avançavam, mataram algumas pessoas que viram pela frente e acreditaram que já estavam vencendo a batalha.
Ficaram mais confiantes ainda, quando viram que o exercito Israelita recuava.
Na realidade, os israelitas fizeram de tudo para que os Benjamitas pensassem que eles estavam usando as mesmas estratégias fracassadas anteriormente.
O grande segredo dos israelitas foi colocar alguns soldados escondidos em volta de Gibeá. 
Enquanto isso a outra parte do exercito Israelita simulou um recuo por duas estradas: uma para o norte de Betel e Shiloh, e outro indo para a aldeia de Gibeá.
A esta altura os soldados de Benjamim estavam muito afastados da cidade.
Então a maior parte do exército israelita saiu dali e tornou a se juntar em Baal-Tamar.
E os homens que escondidos cercavam a cidade, saíram de repente dos lugares onde estavam escondidos na planície de Gibeá e invadiram a cidade. 
Dez mil dos melhores soldados israelitas atacaram Gibeá, e o combate foi duro.
Os benjamitas não imaginavam que iam ser destruídos.  
Esses homens avançaram depressa na direção de Gibeá, espalharam-se e mataram todas as pessoas da cidade.  
Continua na próxima postagem!
Em Cristo!

Número de visualizações do artigo: 14