O Cardeal Jorge Mario Bergoglio agora é Papa Francisco


O Cardeal Jorge Mario Bergoglio agora é Papa Francisco 
Jorge Mario Bergoglio é o novo líder da Igreja Católica. A notícia veio depois que a tão aguardada fumaça branca despontou pela chaminé da capela Sistina na tarde desta quarta-feira (13) noticiando que os 115 cardeais chegaram a um consenso e escolheram o novo papa.
Os cardeais decidiram em apenas dois dias o novo pontífice que foi eleito com pelo menos dois terços dos votos dos cardeais.
Jorge Mario Bergoglio é o argentino e arcebispo de Buenos Aires, e escolheu o nome de Francisco como papa.
Bergoglio tem 76 anos e é considerado um líder moderado, ele é a favor do uso da camisinha e tem bom relacionamento com a comunidade muçulmana. 

Diz-se que no conclave de 2005 foi um rival de Ratzinger na votação.
Nascido a 17 de Dezembro de 1936, em Buenos Aires, é um dos cinco filhos de Regina e Mario Bergoglio, um ferroviário italiano. Aos 21 anos, decidiu entrar para o sacerdócio, tendo entrado para o seminário em Villa Devoto, como noviço da polêmica Ordem Jesuíta.

O Papa Francisco também é POP, pois já tinha até página no Facebook. Ele usava a página para divulgar mensagens da Igreja. No momento milhares de pessoas dão parabéns ao novo Papa em sua página.

 

Jorge Mario Bergoglio é um teólogo conservador que se distanciou do movimento da Teologia da Libertação da América Latina.
Em 2004, um advogado e ativista dos direitos humanos apresentou uma queixa contra o cardeal sem apresentar provas acusando-o de ter conspirado com a junta militar em 1976 para permitir o rapto de dois padres jesuítas a quem ele, como superior da Companhia de Jesus da Argentina, tinha ordenado que deixassem de fazer o seu trabalho pastoral, por entrar em conflito com a ditadura militar.


Um porta-voz do Bergoglio negou as acusações. Opõe-se ao aborto e à eutanásia, mantém a posição da igreja relativamente à homossexualidade e condenou fortemente a legislação para permitir o casamento gay na Argentina, introduzida em 2010, mas sublinha a importância de respeitar as escolhas individuais.

Ele tinha sido nomeado cardeal por João Paulo II em 2001 e deve ser responsável por muitas mudanças na atualmente abatida Igreja Católica.

 

A eleição do novo papa surpreendeu muita gente, pois o argentino não aparecia nas últimas listas de favoritos por causa da sua idade (76 anos).
O novo papa venceu o conclave onde eram cotados o brasileiro dom Odilo Scherer, bem mais novo, com 63 anos, representante do país com a maior população católica do mundo (124 milhões de fieis), e o italiano dom Angelo Scola.
Francisco é o primeiro papa latino americano e fora do continente europeu.
Os dois últimos papas já tinham até certo ponto quebrado a banca da tradição católica de um papa ser italiano, já que Bento XVI é alemão e João Paulo II, polonês.

Clailton Luiz

Obs.
Este artigo é patrocinado pelo Clube Ganhar Dinheiro
Um site que disponibiliza um treinamento completo para quem quer empreender pela internet, trabalhando em casa. Acesse o treinamento grátis. 

Número de visualizações do artigo: 5