1 Samuel 7:1-4 – Samuel inicia seu ministério visitando as cidades e aldeias por todo o país, pregando e procurando converter o coração do povo ao Deus de seus pais…


Sabiam que ele era o penhor do favor divino aos obedientes e fiéis. Com solene alegria levaram-na à sua cidade, e a colocaram na casa de Abinadabe, levita.

Então os homens da cidade de Jearim foram até lá e com grande alegria os receberam o sagrado receptáculo.  

Sabiam que ele era o penhor do favor divino aos obedientes e fiéis. Com solene alegria levaram-na à sua cidade, e a colocaram na casa de Abinadabe, levita.

Este homem designou seu filho Eleazar para cuidar da mesma, e ela ali ficou durante muitos anos. A Arca ficou na casa de Abinadabe durante quase vinte anos, sem que ninguém tocasse com ela.  

Embora a arca estivesse de volta, outro problema mais complicado permanecia sem solução: a opressão dos filisteus. Os israelitas, como uma nação, continuavam ainda em estado de irreligião e idolatria, e como castigo permaneceram sujeitos aos filisteus.  

Todos os dias o povo se lamentava e rogava a Deus por ajuda. Samuel crescera e tornara-se um homem exemplar e temente a Deus.

Durante este tempo Samuel visitou as cidades e aldeias por todo o país, pregando e procurando converter o coração do povo ao Deus de seus pais…  

– Se vocês querem com todo o coração voltar a Deus, o SENHOR, joguem fora todos os deuses estrangeiros e as imagens da deusa Astarote. Dediquem-se completamente ao SENHOR e adorem somente a ele. E ele livrará vocês do poder dos filisteus.    

Há hoje necessidade de tal reavivamento da verdadeira religião do coração como o que foi experimentado pelo antigo Israel. O arrependimento é o primeiro passo que deve ser dado por todos os que desejam voltar a Deus.   Ninguém pode efetuar isto por outrem.  

Devemos individualmente humilhar nossa alma perante Deus, e lançar fora nossos ídolos pessoais. Quando tivermos feito tudo o que pudermos, o Senhor nos manifestará a Sua vitória.  

O discurso contundente de Samuel, reforçado pela excelente reputação de que gozava, acabou convencendo os israelitas a largarem os deuses pagãos.   Aí os israelitas jogaram fora as suas várias imagens de Baal e também as de Astarote e adoraram somente a Deus, o SENHOR.

Concluída a limpeza, Samuel convocou o povo para uma reunião em Mispa, e disse que ia falar com Deus e ver se tinha jeito de livrar a barra de Israel.  

Em Cristo!

Gostou deste artigo? Então deixe um comentário!


Número de visualizações do artigo: 90