1 Samuel 14: 12-17 – No primeiro ataque, Jônatas e seu escudeiro matam vinte homens, causando pânico no acampamento filisteu!


1 Samuel 14: 12-17 - No primeiro ataque, Jônatas e seu escudeiro matam vinte homens, causando pânico no acampamento filisteu!

No primeiro ataque, Jônatas e seu escudeiro matam vinte homens, causando pânico no acampamento filisteu

Os dois foram para o vale e ficaram andando por lá, certificando-se de que os inimigos podiam vê-los. 

Não demorou muito para que os filisteus os vissem e começaram a gritar:

– EI, VEJAM! ALGUNS HEBREUS ESTÃO SAINDO DAS TOCAS ONDE ESTAVAM ESCONDIDOS.  

– QUE BELEZA, OS NARIGUDOS SAÍRAM DA TOCA!

– EI, HEBREUS! SUBAM AQUI QUE QUEREMOS MOSTRAR UMA COISA A VOCÊS.

Jônatas abriu um sorriso sinistro:

– É o sinal!

– Será? Disse seu empregado.


– Claro, é o sinal! Deus nos ouviu! Venha atrás de mim que o SENHOR Deus deu ao povo de Israel a vitória sobre estes incircuncisos.  

Jônatas então começou a subir pelas pedras, engatinhando. 

Ao se aproximar dos filisteus, o impetuoso príncipe israelita ia atacando e derrubando os filisteus enquanto continuava subindo, e seu escudeiro finalizando o serviço com sua espada. 

Nesse primeiro ataque, mataram uma bagatela de uns vinte homens em uma área de mais ou menos mil e duzentos metros quadrados.

Rapidamente a notícia do ataque terrorista começou a alastrar-se pelo acampamento filisteu. 

Sem celular e e-mails, as informações eram confusas. 

Ninguém sabia dizer corretamente o que estava acontecendo. 

Os patrulheiros e os soldados do acampamento tremeram de medo. 

Mas não só eles, a terra também tremeu, e houve uma grande confusão.  

Sem dúvida, o terremoto foi um ato de intervenção divina. 

Deus muitas vezes usou as forças da natureza, como no Mar Vermelho (Ex. 14: 21-28) e no vale de Aijalom (Josué 10: 11-14)…

Enquanto isso, alguns espiões que Saul frequentemente enviava para vigiar os filisteus os viram correr de um lado para o outro feito baratas tontas, e foram avisar o rei do que estava acontecendo. 

O rei não compreendia o porquê deste alvoroço no acampamento inimigo…

– Se o meu exército está aqui acampado comigo, quem está atacando estes malditos filisteus? 

Imediatamente deu uma ordem aos seus oficiais:

– Contem todos os homens e descubram quem está faltando. 

Não demorou muito eles voltaram com a notícia: 

– Majestade?

– Sim?


– Já fizemos a contagem…

– E então, quem está faltando?


– Hum… Bem… nós…


– DESEMBUCHEM LOGO!


– Jônatas e seu escudeiro não estão no acampamento!


A reação de Saul?

Bom, isso veremos na próxima postagem!

Em Cristo!


Número de visualizações do artigo: 101