Davi socorre Mefibosete, o filho aleijado de Jônatas! 2 Samuel 9: 1-13


Davi socorre Mefibosete, o filho aleijado de Jônatas!

Davi lembra de Jônatas

V: 1-2 – Veremos nessa postagem que Davi socorre Mefibosete para honrar sua promessa sagrada a Jônatas. Esse é um dos episódios mais bonitos e comoventes de toda a vida do rei Davi. De volta da espetacular seqüência de batalhas e vitórias, Davi lembrou-se daquela aliança solene que ele havia feito com Jônatas quando ambos eram jovens (1 Samuel 20:14-17). Estudo bíblico com comentários de 2 Samuel 9:1-13

— Será que alguma pessoa da família de Saul ainda está viva? Se está, eu quero fazer alguma coisa boa para essa pessoa, por causa de Jônatas.

Parece que ninguém conseguiu responder à pergunta de Davi, mas alguém lhe contou sobre Ziba, cuja estreita relação com Saul lhe permitiria fornecer as informações que Davi queria.

Aparentemente, Ziba estava em posse de todas as vastas propriedades do antigo rei. Parece provável que Ziba tivesse se tornado bastante rico nos anos que se seguiram à morte de Saul. 

Nesse tempo homem chamado Maquir cuidava de Mefibosete, que vivia em completa pobreza.

Não é revelado se Ziba estava ou não pagando a alguém pelo arrendamento ou aluguel de todas essas terras. Alguns comentaristas sugerem que Ziba estava pagando a Davi, mas o fato de Davi não estar familiarizado com Ziba até esse incidente torna isso duvidoso.

Davi manda buscar Mefibosete

V:3-5 – Joabe saiu e levou Ziba à presença de Davi: 

— Você é Ziba? — perguntou o rei.

— Sim, sou eu mesmo, às suas ordens! — respondeu ele.

E o rei lhe perguntou:

— Ainda existe alguém da família de Saul para quem eu possa fazer alguma coisa boa, como prometi a Deus?

Então, Ziba respondeu:

— Sim. Existe um filho de Jônatas. Ele é aleijado dos dois pés.

 — Onde está ele? — perguntou o rei.

— Na casa de Maquir, filho de Amiel, na cidade de Lo-Debar! — respondeu Ziba.

Veja que Amiel é mencionado em 1 Crônicas 3: 51 e em Crônicas 3: 5 como pai de Bate-Seba, mãe de Salomão. 

Assim, Maquir era irmão de Bate-Seba, tornando-o cunhado do rei Davi. Maquir era uma pessoa muito rica que, por seu amor pela família de Saul, levara o neto de Saul, filho de Jônatas (Mefibosete), para sua propriedade e cuidava dele.

Isso identifica Maquir como uma pessoa fiel e generosa. Uma prova adicional disso ocorreu durante a rebelião de Absalão, quando Maquir também apoiou e ajudou substancialmente Davi.

Então o rei Davi mandou buscar Mefibosete.

Não é difícil imaginar o que Mefibosete poderia ter pensado quando os carros da realeza, com seus guardas pararam em frente à casa de Maquir. O costume universal daqueles tempos era que qualquer rei procurasse e matasse todos os parentes de qualquer rei anterior. E à luz desse costume, a promessa de bondade de Davi poderia ter soado falsa.

Davi encontra Mefibosete!

V: 6-8

No dia seguinte, Ziba apareceu em Jerusalém trazendo Mefibosete. De fato, o rapaz era aleijado dos dois pés. Era assim devido a um infeliz acidente: ao receber a notícia da morte de Saul e de Jônatas, sua ama o pegara e saíra correndo para salvar a vida do menino. Só que, na pressa, deixou-o cair.

Então, ao ver o rapaz chegando, arrastando os pés com dificuldade e exibindo no rosto inequívoca semelhança com Jônatas, Davi teve que se esforçar para conter as lágrimas. Quando chegou perto do trono, ele ajoelhou-se e encostou o rosto no chão em sinal de respeito.

— Mefibosete!

— Sim, senhor.

Essa, é claro, era a maneira habitual de mostrar respeito e submissão aos reis antigos. Davi, sem dúvida, reconheceu o medo no coração de Mefibosete e moveu-se imediatamente para tranquiliza-lo.

— Não fique com medo! — disse Davi. — Eu serei bondoso com você por causa de Jônatas, o seu pai. Eu lhe darei de volta todas as terras que pertenciam ao seu avô Saul, e você será sempre bem-vindo à minha mesa.

Mefibosete se curvou novamente e respondeu:

— Eu não valho mais do que um cachorro morto! Por que o senhor é tão bondoso comigo?

Conseqüentemente, todos aqueles anos escondidos do rei e vivendo com medo e pobreza fizeram Mefibosete pensar que ele não valia nada.

Ziba se torna empregado de Mefibosete

V: 9-13

Então o rei chamou Ziba, antigo empregado de Saul, e disse:

— Eu estou devolvendo a Mefibosete, o neto do seu patrão, tudo o que pertencia a Saul e à sua família. Você, os seus filhos e os seus empregados cultivarão a terra para a família do seu patrão Saul e farão a colheita para que eles tenham comida. Mas Mefibosete comerá sempre à minha mesa.

Assim todos os que eram da família de Ziba se tornaram empregados de Mefibosete. Em vista da conduta traiçoeira de Ziba durante a rebelião de Absalão que acontecerá mais tarde (2 Samuel 16), talvez possamos julgar aqui que Ziba estava longe de estar satisfeito com esse novo arranjo. Provavelmente, sua promessa solene de cumprir os mandamentos do rei foi feita com relutância; pois ele se rebelaria na primeira oportunidade.

Ziba tinha quinze filhos e vinte empregados. O tamanho da propriedade de Saul é indicado pelo número de homens necessários para cultivá-la.

Mefibosete fica rico

Mefibosete ficou feliz em saber que Davi não queria matá-lo. Ter uma promessa como essa era quase incrível.

Depois que Davi socorre Mefibosete, daí em diante, passou a comer junto com o rei, como se fosse filho dele. Mas Mefibosete não estava sozinho, tinha um filho pequeno chamado Mica. 

Assim o filho de Jônatas passou a participar da convivência diária do rei, além de ser feito um dos homens mais ricos de todo o Israel. Davi o tratava como um filho, e a Mica, filho pequeno de Mefibosete, como um neto precoce.

Como resultado, os descendentes de Mefibosete tornaram-se homens de liderança na tribo de Benjamim até o cativeiro (1 Crônicas 8:35-40, 9:40-44).”

“Se gostou do artigo, compartilhe com seus amigos e deixe um comentário abaixo. Ajude também a divulgar o conteúdo do Blog!”

Em Cristo!

Anteriormente…


A seguir: O que a Bíblia diz sobre quarentena e a higiene em tempos de crise?


Número de visualizações do artigo: 90